A Fundação “la Caixa” vai destinar 10 milhões de euros este ano para o desenvolvimento de ações sociais, científicas e culturais nas regiões fronteiriças.

A Fundação “la Caixa” lançou em Portugal o programa Promove – Dinamização de Regiões Fronteiriças. Esta iniciativa tem como objetivo apoiar projetos-piloto inovadores, estratégicos para o desenvolvimento das áreas onde se localizam e replicáveis para outras regiões com características semelhantes.
O programa está aberto a entidades que pretendam desenvolver projetos que estejam localizados numa das três áreas geográficas seguintes:
-Municípios da NUT III Terras de Trás-os-Montes, e ainda municípios de Carrazeda de Ansiães, Freixo de Espada à Cinta, Torre de Moncorvo e Vila Nova de Foz Côa da NUT III Douro
-Municípios das NUTS III Beiras e Serra da Estrela, e Beira Baixa
-Municípios das NUTS III Alto Alentejo e Baixo Alentejo e ainda Alandroal, Borba, Mourão, Portel, Redondo, Reguengos de Monsaraz e Vila Viçosa da NUT III Alentejo Central.
Os apoios são concedidos sob a forma de subsídio ao investimento e a taxa de apoio varia entre os 50% e os 75%, sendo o apoio máximo de 100 mil euros por projeto.
As candidaturas podem ser apresentadas até à data limite de 6 de julho de 2018. A avaliação das candidaturas baseia-se em três critérios: qualidade do projeto, efeitos do projeto no território e sustentabilidade económica e financeira do projeto.
Toda a informação necessária para concorrer pode ser consultada em: www.convocatoriaslacaixa.org.

loading...
Share.

Deixe Comentário