O ciclista flaviense Patrick Videira confessou que “foi um sonho” participar na 80ª Volta a Portugal em Bicicleta, bem como concluir a prova.

O corredor da LA Aluminios terminou as dez etapas da competição no 61º lugar, a 1h15.17 segundos do vencedor, que foi Raul Alarcon, da W52/FC Porto, vencedor da competição pelo segundo ano consecutivo.
“A participação correu bem, foi a minha primeira Volta a Portugal e estou muito contente comigo mesmo por ter corrido assim”, explicou o transmontano de 24 anos, que passou dificuldades devido ao forte calor.

De resto, para Patrick Videira foi “uma sensação muito boa completar o sonho de fazer a volta”.
“Quando comecei a andar de bicicleta via na tv a volta e agora estar no meio dos corredores é muito bom”, lembrou.

A equipa do flaviense ia com o objetivo de “mostrar os patrocinadores”, algo que foi alcançado ao integrar várias fugas ao longo dos dias. A LA Aluminios foi ainda a melhor equipa sub-25.

“Foi muito difícil em algumas etapas devido ao calor. O meu GPS marcou por vezes 47 graus, e juntando a isso a velocidade que por vezes é enorme também dificultou”, explicou, destacando que desde que foi convocado que sabia que iria ser difícil, pois “se fosse fácil ia qualquer ciclista”.

Até final do mês o ciclista flaviense ainda tem mais provas pela frente, nomeadamente em Mortágua, Bombarral e Alcobaça.

Diogo Caldas

loading...
Share.

Deixe Comentário