O Grupo “Pontas Soltas” e amigos realizam mais uma sessão poético-musical, no próximo dia 14 de outubro, pelas 21 horas, desta vez evocando os poetas António Nobre, Camilo Pessanha e David Mourão-Ferreira.

António Nobre, o poeta “só” (mas imensamente habitado), da arte da sugestão, do saudosismo. Pessanha, o poeta “esquecido”, da angústia, da carência e prostração. Ambos objetivam sentimentos comuns: a desesperança, a dolência, a melancolia; e inscrevem como “tatuagem” a dor (física e espiritual). O errante e temperamental Mourão-Ferreira, do erotismo e sedução subtis. A segunda parte, será reservada à declamação de outros poemas e textos de escolha livre, que todos poderão fazer. No Jardim das Tapas – ¼ Escuro Bar. Entrada livre.

loading...
Share.

Deixe Comentário