Realizou-se, no passado dia 4 de outubro no Forte São Francisco, em Chaves, a 2ª Ação Exploratória de Mercados Internacionais realizada no âmbito do projeto EXPORTAR+.

NERVIR – Associação Empresarial de Vila Real, NERBA – Associação Empresarial do Distrito de Bragança e ACISAT – Associação Empresarial do Alto Tâmega são as três associações que, em consórcio nos últimos meses, têm vindo a desenvolver o projeto EXPORTAR+, cujo objetivo central é o de potenciar o sucesso da internacionalização das PME (pequenas e médias empresas) da região de Terras de Trás-os-Montes, Douro e Alto Tâmega.
No passado dia 4, depois de Vila Real e Bragança, Chaves foi a terceira cidade a ser palco da 2ª Ação Exploratória de Mercados Internacionais relacionada com o projeto, na qual vários empresários da região puderam reunir com distribuidores/importadores de três países europeus: Espanha, Alemanha e Suécia. Os 15 empresários presentes neste evento eram produtores das fileiras de Vinho e Azeite, produtos de Base Animal e produtos de Base Vegetal, e puderam fazer uma mostra dos seus produtos aos vários importadores e distribuidores estrangeiros que estiveram presentes.
Depois de um diagnóstico feito aos empresários da região de intervenção, sobre quais os mercados que mais lhes interessavam, foram escolhidos os importadores/distribuidores dos três países europeus selecionados. De Espanha estiveram presentes três empresas: a Terras de Portugal, a Smart Global Trading e a Tomevinos. Da Alemanha vieram quatro: Ovinho, Fonseca, Cave Portuguesa e Made in Portugal & Brasil. Da Suécia deslocaram-se até à cidade flaviense cinco empresas: a AB Sten Davidsson, a Quaffable Wines, a Ametller Scandinavia AB, a Lancel e a Belles Voyages.
Durante o dia decorreram reuniões B2B (business-to-business) entre empresários e distribuidores/importadores. Ao todo, durante este dia, foram realizadas 135 reuniões B2B: 31 com Espanha, 49 com a Alemanha e 55 com a Suécia. Com a intenção de expandir as suas empresas para o mercado externo, os empresários fizeram uma troca de contactos com os vários importadores/distribuidores internacionais.
No final do dia o nível de satisfação dos empresários presentes nesta segunda ação era muito elevado, e há já pedidos por parte dos produtores para que seja realizada uma segunda edição deste projeto, o que resulta num balanço extremamente positivo desta iniciativa, cumprindo-se assim o grande objetivo de levar os produtos da região aos mercados externos e demonstrar lá fora a boa qualidade daquilo que se faz por cá.
Durante o mês de novembro, sem data exata definida até fecho da edição deste jornal, decorrerá a visita da comitiva composta por representantes das três associações organizadoras do projeto aos três mercados internacionais envolvidos no mesmo.
Para mais informações sobre as próximas ações do projeto, acompanhe o nosso site em: http://acisat.pt/

Maura Teixeira

Share.

Deixe Comentário