Nos dias 9 e 10 de junho, o Parque Aventura de Carvalhelhos foi o palco da Festa Castreja – Pacto Barrosão, iniciativa que se realizou pelo terceiro ano consecutivo.

A edição deste ano contou com algumas novidades, tendo sido celebrado o “Pacto de Paz” entre os povos castrejos e romanos, juntando-se, desta forma, duas culturas que, de acordo com o município botiquense, “trouxeram mais alegria a um evento que se pretende de festa e de celebração das raízes do povo barrosão, durante dois dias repletos de animação e magia, num recuo no tempo de mais de 2500 anos”.

Apesar da chuva que se fez sentir durante o dia de sábado e na manhã de domingo, milhares de pessoas fizeram questão de participar nesta festa e assistir às recriações históricas, aos espetáculos de música, às oficinas temáticas, às demonstrações de voo de aves, entre outros. Os visitantes puderam ainda adquirir vários produtos locais que estiveram à venda durante os dois dias do evento.

“Esta festa é algo com que a população do concelho se identifica. Temos inúmeros vestígios da presença nesta região das civilizações castrejas, com a existência de um elevado número de castros, alguns dos quais de enorme grandiosidade e importância, como o Castro do Lesenho e o Castro de Carvalhelhos, levando muitos especialistas a considerar que esta região foi um local estrategicamente importante para os povos castrejos. Prova disso mesmo foram os achados das estátuas dos Guerreiros Galaicos no concelho de Boticas, que são tão-somente o símbolo da arqueologia em Portugal. Este evento pretende recuperar e dar a conhecer a grandiosidade da história ligada aos povos castrejos, reafirmando o posicionamento central desta região na cultura castreja”, destacou Fernando Queiroga, presidente da Câmara Municipal de Boticas.

A Festa Castreja – Pacto Barrosão foi uma organização conjunta da EHATB, Município de Boticas, Associação Celtiberus e Universidade do Minho.

loading...
Share.

Deixe Comentário