O arquiteto de 47 anos, natural de Vassal, em Valpaços, conquistou dois prémios na competição iPhone Photography Awards (IPPAwards), iniciativa que notabiliza a criatividade dos utilizadores do iPhone.

Com a fotografia “Sea Stripes” (Mar às riscas), tirada na praia de Santa Rita, em Torres Vedras, Diogo Lage garantiu o primeiro lugar na categoria Fotógrafo do Ano. Já a imagem “The Proud Peacock” (O orgulhoso pavão), fotografado no Palácio de Cristal, no Porto, valeu ao valpacense a primeira posição na categoria Animais.

Diogo Lage contou ao jornal Público que a fotografia é algo que o completa, não só apenas como “exercício de criatividade” e como “exploração de novas culturas e espaços”, mas também como uma forma de conhecer e conviver com pessoas diferentes. Na opinião do transmontano, a fotografia é um registo muito pessoal e instantâneo, não sendo por isso necessário “esperar anos para ver resultados finais”, ao contrário do que acontecia na arquitetura.

Na sua página de Facebook, o valpacense destacou a “enorme surpresa” que foi receber estes dois prémios e agradeceu as palavras e o apoio dos amigos.

“São as vossas palavras e o orgulho que acabei por sentir com o impacto inesperado de alguns artigos e mensagens, que me motivam e me motivarão a continuar o meu caminho. Muito obrigado a todos”.

As fotografias vencedoras de Diogo Lage foram distinguidas entre milhares de imagens a concurso provenientes de 140 países.

De referir que o Grande Prémio da 12º edição dos IPPAwards foi para a italiana Gabriella Cigliano, que apresentou “Big Sister”, uma fotografia tirada em Zanzibar, na Tanzânia.

loading...
Share.

Deixe Comentário