As extensões dos centros de saúde do Alto Tâmega reabriram na segunda-feira, dia 1, de forma “gradual e faseada” apenas para consultas presenciais programadas e com agendamento prévio.

Segundo nota divulgada pelo ACES Alto Tâmega e Barroso, os utentes devem contactar a sua unidade de saúde antes de se dirigir à mesma, sendo que todas as consultas devem ser agendadas, pelo telefone, incluindo as consultas realizadas no domicílio.

No caso de um problema de saúde por aparecimento súbito, o agrupamento de centros de saúde revela que será marcada uma consulta aberta para avaliação do doente presencialmente. Se não for necessária a presença do doente, será realizada uma teleconsulta, via telefone, por um profissional de saúde.

Devem contactar os centros de saúde aqueles que apresentem tosse, febre ou falta de ar ou aqueles que realizaram uma viagem nos últimos 14 dias ou que tenham estado em contacto com algum doente infetado com Covid-19.

O ACES Alto Tâmega e Barroso informa ainda, no mesmo documento, que antes de cada consulta programada o utente será contactado por um profissional de saúde que avaliará a necessidade da consulta presencial ou teleconsulta.

“Se tiver consulta marcada, e for confirmada a necessidade de avaliação presencial, deve dirigir-se à unidade de saúde apenas 5 minutos antes da hora marcada”, sozinho, exceto “menores, utentes com incapacidade ou outras situações legalmente previstas, que devem ser acompanhados apenas, por um único acompanhante”, esclarece o responsável.

loading...
Share.

Deixe Comentário