A administração da primeira dose da vacina contra a covid-19 aos utentes e colaboradores dos vários equipamentos da Misericórdia (UCC, Lares e CADAT) terminou na quarta-feira, dia 13 de janeiro.

Para o provedor da Misericórdia, Fernando Campos, este é um “momento muito esperado, sendo uma luz de esperança para controlar esta terrível pandemia e o retorno à normalidade com a maior brevidade possível”.

De acordo com a instituição botiquense, a vacinação é motivo de alegria, com a consciência de que “não poderemos baixar a guarda nesta altura em que o vírus ganhou ainda mais força”.

Partilhar

Comentários | Seja educado na sua opinião