Numa organização do Rotary Club de Chaves decorreu, entre os dias 30 de novembro e 2 de dezembro, o RYLA – Rotary Youth Leadership Awards – Prémio Rotário de Liderança Juvenil.

Com um caráter de formação intensiva, baseada no despertar de capacidades nas áreas de liderança, no fomentar do espírito de companheirismo, numa visão de comportamentos cívicos e atitudes altruístas de excelência, o evento, segundo a organização, teve como propósito “ajudar estudantes do ensino secundário a alcançar todo o seu potencial, orientar universitários sobre a criação de estratégias inovadoras para solucionar problemas ou transmitir a jovens profissionais informações sobre práticas empresariais focadas na ética”.

“Na sexta-feira, dado ser dia normal de aulas e trabalho, apenas houve lugar a uma pequena receção a todos os participantes e acompanhantes, terminando com uma visita guiada às instalações do Clube, acompanhada de algumas informações sobre o seu historial de 25 anos ao serviço da comunidade, sempre num espírito de são convívio e interação permanentes”, refere o Rotary Club.

Já no sábado, o salão nobre do clube recebeu 25 jovens, com idades compreendidas entre os 17 e os 30 anos, inscritos através dos Rotary Clubes de Amarante, Lamego, Régua, Valpaços, Mirandela, Bragança e pelo Clube anfitrião, Chaves.

Repartidos por cinco sessões, os trabalhos abordaram as temáticas sobre “o Futuro das Novas Gerações no Mercado de Trabalho, Branding Pessoal e Propósito de Vida, Tendências do Consumo Mundial e Desenvolvimento Sustentável, Projetos de Impacto e Resolução de Desafios e, por fim, Design Thinking na Liderança”.

Além da vertente formativa, houve ainda tempo para que os participantes conhecessem um pouco mais da história de Rotary International: “um movimento com 113 anos, que no seu seio reúne profissionais, líderes nas suas áreas, imbuídos de elevados padrões de ética e que servem as suas comunidades, ajudando a transformar, de forma positiva, a vida das pessoas e que estão presentes em 217 países e regiões, com cerca de 1 232 400 membros, os rotários, ligados a cerca de 35 900 clubes”, destaca a organização.

Este dia de intenso trabalho teve o seu término com a entrega dos Diplomas de Presença e Conclusão do RYLA, contando com a presença de mais de seis dezenas de pessoas, incluindo a vereadora da Câmara de Chaves, Paula Chaves, os presidentes dos Clubes envolvidos e ainda com a presença do companheiro Joaquim Branco, governador 2018-2019 do Distrito Rotário 1970.

“Com os objetivos plenamente atingidos, segundo as opiniões dos diversos participantes, o fim de semana terminou com uma visita matinal ao MACNA – Museu de Arte Contemporânea Nadir Afonso, brilhante e gentilmente guiada pela Dra. Laura Afonso que nos propiciou um apaixonado leque de informações sobre a vida deste ilustre arquiteto e pintor, símbolo máximo da arte transmontana, e muitas delas da sua vida pessoal com o mestre e que a todos encantou”, acrescenta.

Numa altura em que Rotary International pede aos Clubes que realizem projetos estruturantes, que contribuam efetivamente para “mudar vidas” e que os rotários se assumam verdadeiramente como Pessoas em Ação, este RYLA é o corolário da ênfase colocada nas questões relacionadas com a juventude.

loading...
Share.

Deixe Comentário