A PSP alerta os praticantes de atividades recreativas, que utilizem reproduções de armas de fogo, nomeadamente as armas de airsoft, pertencentes a clubes das Associações Promotoras de Desporto, para a adoção das regras impostas durante a pandemia de Covid-19.

De acordo com a Resolução do Conselho de Ministros n.º 38/2020 de 15 de maio de 2020, relativamente aos eventos, é referido que “não é permitida a realização de celebrações e de outros eventos que impliquem uma aglomeração de pessoas em número superior a 10.”, podendo o Ministério da Administração Interna e o Ministério da Saúde autorizar mais do que dez pessoas mediante um pedido e definição dos termos da realização do evento.

Por outro lado, o art. 22.º sobre a prática desportiva não competitiva refere que a prática de atividade física e desportiva em contexto não competitivo e ao ar livre pode ser realizada, desde que se assegurem o “respeito de um distanciamento mínimo de dois metros entre cidadãos, para atividades que se realizem lado-a-lado, ou de quatro metros, para atividades em fila”; os participantes estão impedidos de partilhar materiais e equipamentos, incluindo sessões com treinadores pessoais, assim como estão impedidos de utilizar os balneários; e todos devem obedecer ao “manual de procedimentos de proteção de praticantes e funcionários”.

“Só o cumprimento cumulativo destas regras, de acordo com a referida Resolução de Conselho de Ministros, permitirá realizar os eventos de airsoft”, lembra em comunicado a PSP, apelando ao “escrupuloso cumprimento das regras de saúde pública” de todos os praticantes.

loading...
Share.

Deixe Comentário