O treinador flaviense Pedro Adão vai continuar por mais uma temporada no GDRC Os Sandinenses, equipa da AF Braga que garantiu a subida à Pró-Nacional.

Depois de ter chegado à equipa principal do clube de Guimarães a meio da temporada, Pedro Adão levou Os Sandinenses até ao 2º lugar da Série B da Divisão de Honra, aquando da paragem da competição devido à pandemia de covid-19.

Com o final das competições, a AF Braga decidiu alterar os quadros competitivos e Os Sandinenses garantiram um lugar no escalão mais alto do distrital, o Pró-Nacional, que na próxima temporada terá 24 equipas e será dividida em duas séries.

“Após a derradeira decisão final da AF Braga, podemos finalmente encerrar a época 2019/20, com o principal objetivo cumprido. Quero pessoalmente agradecer à Direção pela oportunidade, pela confiança e por me possibilitar treinar esta equipa, na qual tenho muito orgulho em representar. Agradeço por todo o apoio que me foi dado, e por todo esforço efetuado para que nunca nos faltasse nada”, destacou Pedro Adão na sua página no Facebook.

O técnico natural de Chaves, de 45 anos, deixou ainda um agradecimento aos jogadores, sócios e simpatizantes e coordenadores e treinadores das camadas jovens do clube.

Como jogador Pedro Adão fez formação no GD Chaves e representou ainda o GD Valpaços, Montalegre, Vila Pouca, Os Sandinenses, Brito, Vidago ou Pedro Salgadas. Como treinador orientou ainda o Vidago e o Vilar de Perdizes.

loading...
Share.

Deixe Comentário