Localidades de Boticas, Granja e Ventuselos recebem esta segunda-feira, dia 11, a ação de sensibilização.

Arrancou na sexta-feira, dia 8, na Praça do Município, em Boticas, a operação “Floresta Segura 2019”, uma iniciativa da GNR, que conta com a colaboração do município de Boticas e várias entidades e agentes de Proteção Civil.

A iniciativa pretende sensibilizar as populações e os proprietários para a obrigatoriedade da limpeza dos seus terrenos até ao dia 15 de março e o cumprimento de todas as normas e regras estipuladas.

Desde sexta-feira, e até esta segunda, decorrem várias ações um pouco por todo o concelho de Boticas, que para além de servirem para informar a comunidade local, irão também permitir identificar áreas suscetíveis de intervenção.

No arranque da operação, o presidente da Câmara de Boticas, Fernando Queiroga, referiu que “a prevenção dos incêndios florestais começa pela disponibilidade e predisposição dos proprietários em cumprir a lei”, destacando que “é fundamental que as pessoas procedam à limpeza dos terrenos pois, caso isso não se verifique, podem vir a ser alvo de penalizações elevadas”.Por sua vez, o comandante do Destacamento Territorial de Chaves, Bruno Antunes, referiu que “a defesa da floresta depende de todos, daí a necessidade de se unirem esforços em torno desta causa”.

As ações de sensibilização passaram pelas aldeias de Ardãos, Nogueira, Bobadela, Sapelos e Sapiãos, Valdegas, Pinho, Sobradelo, Mosteirão, Fiães do Tâmega, Veral, Curros, Antigo de Curros, Secerigo, Codessoso, Torneiros, Seirrãos, Quintas, Carreira da Lebre, Carvalhelhos, Beça, Lavradas e Vilarinho da Mó, Vilar, Campos, Viveiro, Carvalho, Bostofrio, Agrelos, Vilarinho Seco, Alturas do Barroso, Atilhó, Covas do Barroso, Muro, Romaínho, Lousas, Vila Grande, Dornelas, Antigo, Espertina, Vila Pequena, Gestosa, Casal, Virtelo, Cerdedo, Covêlo do Monte, Casas da Serra e Coimbró.

loading...
Share.

Deixe Comentário