Está patente ao público até ao dia 30 de setembro no Museu da Região Flaviense a exposição itinerante “Joshua Benoliel – Repórter Parlamentar (1906-1924)”, pertencente à Divisão Museológica e para a Cidadania da Assembleia da República.

Joshua Benoliel nasceu em Lisboa no ano de 1873 e veio a falecer em 1932. É considerado o pai do fotojornalismo em Portugal e durante a sua carreira fotografou alguns dos acontecimentos mais marcantes da nossa história, como a Revolução de 1910 e as investidas monárquicas durante a Primeira República. São algumas fotografias desta época que podem ser vistas na exposição que está patente ao público até ao final deste mês no Museu da Região Flaviense, em Chaves.
A apresentação desta mostra fotográfica decorreu no passado dia 7 de setembro e esteve a cargo de Francisco Távora, responsável técnico da Assembleia da República, que numa visita guiada pela exposição, fez uma breve explicação de cada uma das fotografias e do seu contexto histórico.
Nuno Vaz, presidente da Câmara Municipal de Chaves, marcou presença na inauguração da exposição e destacou a importância da história retratada por cada uma das fotografias expostas: “Este registo fotográfico, para além da sua valia técnica, tem, na minha perspetiva, uma outra importância que é o que está por detrás deste registo fotográfico, daquilo que nos foi explicado e que diz muito acerca do início desta Primeira República, aquilo que foram as vicissitudes que nós conhecemos da história. (…) A verdade é que aquilo que somos hoje deve-se também muito àquilo que foi o passado”.

Maura Teixeira

 

loading...
Share.

Deixe Comentário