A autarquia assinou um protocolo de colaboração com as duas corporações de bombeiros para “constituição do dispositivo especial de combate a incêndios rurais em Montalegre e Salto”.

“Com este acordo, fica assegurada capacidade adequada de resposta ao flagelo dos incêndios em todo o território do concelho, 24 sobre 24 horas, sem comprometer a eficiência na resposta às restantes ocorrências no âmbito da proteção e socorro”, refere a Câmara de Montalegre na sua página.

Neste contexto, as corporações terão ativas Equipas de Intervenção durante as fases de maior perigo, de acordo com as diretrizes do Comando Distrital de Operações de Socorro de Vila Real.

O protocolo vigora até meados de outubro e a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Montalegre vai receber 13 mil euros e a de Salto 12250 mil euros.

Para além disso, os bombeiros que integram estas equipas do DECIR recebem 10€ por dia, complemento atribuído também pelo município.

loading...
Share.

Deixe Comentário