A flaviense Mariana Pinto sagrou-se bi-campeã distrital de futsal feminino da Associação de Futebol de Coimbra ao serviço da Académica, clube que procura agora garantir a subida à 1ª Divisão na Taça Nacional.

Numa prova distrital apenas com vitória, ainda a quatro jornadas do final a equipa de Coimbra tem já o título garantido pelo segundo ano consecutivo.

“Em termos coletivos está a ser uma época fantástica, onde, a nível distrital só somámos vitórias enquanto a nível nacional na Taça de Portugal fomos eliminadas na 5ª eliminatória”, contou a transmontana.

A antiga jogadora do GD Chaves e da AD Flaviense lamenta as lesões no início da época, mas garante estar a trabalhar para ajudar na luta pela subida à 1ª Divisão.

“A nível pessoal a época não começou da melhor forma devido a uma lesão que me obrigou a atrasar o início da época mais de dois meses. Desde então tenho trabalhado muito para conseguir ajudar a equipa a conseguir os objetivos desta época. Dois desses objetivos já foram alcançados com o título de campeãs distritais e o alcance da 4ª eliminatória da taça de Portugal. Falta agora o principal objetivo que é subir à Primeira Divisão”, vincou a jogadora de 26 anos.

Ao serviço do GD Chaves, na época 2013/2014, Mariana Pinto garantiu a subida à 1ª Divisão Nacional, onde ainda militam as flavienses.

Apesar das dificuldades esperadas e de um “objetivo muito difícil de alcançar”, Mariana Pinto destaca que as ‘estudantes’ estão “a trabalhar diariamente, treino após treino”, para atingir a subida.

A Académica de Coimbra irá participar agora na Taça Nacional de Futsal Feminino, onde participam as campeãs distritais de todo o país e que dá acesso à subida à 1ª Divisão da modalidade.

Na temporada passada a equipa de Coimbra ainda passou a primeria fase da Taça Nacional, mas acabou por não assegurar a subida na segunda fase.

Diogo Caldas

loading...
Share.

Deixe Comentário