O padre Augusto Matos morreu no hospital de Chaves com 90 anos. O funeral realiza-se hoje, quinta-feira, pelas 15h, na Igreja Paroquial de Beça, numa cerimónia presidida por D. António Augusto Azevedo, bispo de Vila Real.

O padre Augusto Luís Ferreira Matos nasceu a 19 de janeiro de 1930 em Beça, no concelho de Boticas. Fez o curso de teologia no Seminário de Vila Real e foi ordenado sacerdote a 8 de dezembro de 1954. Após a sua ordenação sacerdotal estudou música sacra em Roma, entre 1954 e 1963. Nesse ano, o padre Augusto Matos regressa à diocese, iniciando o trabalho pastoral no Seminário de Vila Real como professor de música. Lecionou na Escola do Magistério Primário e no Liceu Camilo Castelo Branco, em Vila Real.

Ao longo da sua vida dedicou-se sempre à investigação, composição e ao ensino da música, nomeadamente, nos cursos do Centro Católico de Cultura. Foi pároco de Adoufe, no concelho de Vila Real, desde 1970 a 2017. A partir desse ano foi viver para a Casa de Santa Marta, das Irmãs dos Anciãos Desamparados, em Chaves.

Partilhar

Comentários | Seja educado na sua opinião