O município de Valpaços deu mais um passo positivo na qualidade de vida dos cidadãos, desta feita no âmbito da proteção civil e de socorro à população, com assinatura dos contratos de trabalho dos cinco bombeiros que integram a Equipa de Intervenção Permanente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Carrazedo de Montenegro (AHBVCM), que iniciaram na semana passada funções.

A cerimónia de assinatura dos contratos aconteceu na terça-feira passada, dia 15, e foi presidida pelo presidente da Câmara de Valpaços, Amílcar Almeida, na companhia do presidente da Junta de Freguesia de Carrazedo de Montenegro e Curros, António Costa, do comandante dos bombeiros, João Sousa, o presidente da direção da AHBVCM, Manuel Castanheira, e do presidente da Federação de Bombeiros do Distrito de Vila Real, Francisco Oliveira.
A constituição da EIP – Equipa de Intervenção Permanente – resulta de um protocolo entre a Câmara de Valpaços, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil e a AHBVCM. A sua missão é “prestar um serviço de socorro permanente, no âmbito da proteção civil, garantindo prontidão na defesa da população e dos seus bens, designadamente em caso de incêndios urbanos e florestais, inundações, desabamentos, abalroamentos ou outras intervenções no âmbito da proteção civil”, refere a autarquia valpacense que irá investir 35 mil euros anuais, durante três anos, no apoio aos soldados da paz de Carrazedo de Montenegro.
loading...
Share.

Deixe Comentário