Aqui fica o resultado dessa conversa mantida à distância, mas que considero ser de grande interesse para todos os que de uma forma ou de outra se interessam por estas temáticas que respeitam o Sentido da Vida e a Missão de Vida de cada um de nós.

M.R.: Quem é Daniel Gagliardo?
D.G.: Daniel Gagliardo é um auxiliar da Energia de Instrução. Um instrumento do processo de transição planetária. Como instrutor partilha aspectos inovadores da Cosmosofia, ou ciência cósmica, inspirados pela polaridade feminina, introspectiva, que rege este novo ciclo terrestre. Estes novos padrões filosóficos e espirituais abrem o caminho para a humanidade da superfície planetária, para a transcendência da Lei do Carma e para o advento da Lei Evolutiva Superior, facilitando dessa forma a recuperação do vínculo da vida terrena com a vida cósmica. Os seus livros e conferências podem ser considerados como a consequência da sua relação interna com membros da Hierarquia Intraterrena e Extraterrestre que colaboram com a actual situação planetária.

M.R.: De que forma o Centro Uksim chegou até Chaves?
D.G.: O Centro Uksim chegou até Chaves através da convocação de seres que internamente foram treinados para responder às novas energias que regem a actual transição planetária. Pessoas, cuja planificação interior e espiritual, bem como condição evolutiva, lhes permitiu sintonizar e responder à assistência das necessidades cósmicas, ao Plano Evolutivo, encontrando o sentido oculto que a essência oferece nas metas universais e altruístas. Estes seres potencializam a sua presença em Chaves mantendo activo o padrão do trabalho grupal evolutivo. Um convite aberto à comunidade de Chaves.

M.R.: A consciência de que o nosso planeta está numa transição cósmica é de suma importância para todos nós? Por que razão?
D.G.: Sintonizar a importância da transição cósmica terrena é fundamental para que a consciência do indivíduo recupere o seu vínculo com as Leis Cósmicas. Só quem pode concretizar a recuperação desse vínculo perdido poderá ser conduzido para o próximo escalão evolutivo, encerrando assim a relação com a regência cármica e avançando para o domínio das Leis Cósmicas. Aqueles que ainda não percebem nem aceitam a existência da transição terrena, assumindo para isso a concretização dessa transição em si mesmos, ficam estagnados ao se identificarem com o paradigma materialista que domina a vida planetária, confirmando, no seu isolamento evolutivo, o campo da vida terrena

M.R.: Vem apresentar-nos a sua obra mais recente, A Luz do Peregrino. Como é que esse livro nos pode ajudar?
D.G.: A obra A Luz do Peregrino dirige-se a todos aqueles seres que buscam a síntese. Aqueles que estão predispostos a encontrar-se com ferramentas que lhes facilitem o fecho da sua relação com as energias antigas; as que lhes serviram para chegar até esta etapa de transição cósmica. Nos seus diferentes capítulos este livro permite-nos aprofundar temáticas como a Entrega, as Provas, a Lei da Purificação, a Lei do Serviço. A consciência filosófica do Ser abrir-se-á a uma perspectiva de actualização própria desta energia nova e desconhecida.

M.R.: Há alguma razão especial para que Chaves seja uma das cidades que visita? Explicite.
D.G: Os motivos ou razões para visitar Chaves decorrem da presença nesta cidade de Seres com a receptividade necessária para sintonizar este conhecimento novo e renovador. Seres capazes de plantar as sementes de um novo ciclo na sua própria consciência oferecendo essa sintonia como um estímulo potente para a região. Chaves mantem padrões de adaptabilidade relativamente ao que é necessário em cada ciclo, para o progresso filosófico e espiritual, como num dado momento foi, por exemplo, a ascensão da Ordem do Templo.

Lançamento de “A luz do peregrino” na Universidade Sénior de Chaves

O autor de “A luz do peregrino” vai estar em Chaves este domingo, dia 26, na Universidade Sénior de Rotary, para apresentar a sua mais recente obra literária. Na sessão, o argentino Daniel Gagliardo dará ainda uma palestra sobre a Cosmosofia. O encontro acontece às 15h e a entrada é livre.

Cosmosofia é a vertente interna da vida manifestando-se de um modo em particular. São conjuntos de estímulos que se revelam à consciência. Esta revelação exige a verdade continuamente, na atualização dos níveis de consciência, na atualização dos planos, na atualização dos universos.

Manuela Raínho

loading...
Share.

Deixe Comentário