Os dois assaltantes que roubaram idosas nos concelhos de Chaves e Montalegre, tendo também atuado em alguns concelhos do Minho, onde acabaram detidos pela Guarda Nacional Republicana, foram condenados a penas até oito anos de prisão.

Os dois assaltantes, de 33 e 19 anos, ambos de Felgueiras, foram sentenciados pelo Tribunal de Braga a oito anos e a sete anos e três meses de prisão, respetivamente. A dupla foi ainda acompanhada nos assaltos pelo irmão de um deles, de apenas 15 anos, que vai ser internado num centro educativo.

De acordo com o JN, os juízes deram como provado que a 11 de outubro de 2018 os indivíduos furtaram um carro em Guimarães. Uns dias depois, o trio decidiu roubar pessoas em meios rurais.

Para além de Chaves e Montalegre, os assaltantes atuaram também no concelho de Vieira do Minho.

Aquando da detenção, a GNR apreendeu quatro pares de brincos de ouro, uma aliança em ouro, um crucifixo e uma medalha em ouro.

loading...
Share.

Deixe Comentário