Cerca de uma centena de crianças do Agrupamento de Escolas Gomes Monteiro participaram na sexta-feira passada, dia 16 de novembro, na comemoração do Dia Internacional da Falcoaria, numa iniciativa que decorreu no Boticas Parque – Natureza e Biodiversidade.

Segundo a autarquia, os alunos assistiram a uma pequena palestra, orientada pelo falcoeiro Paulo Martinho, sobre a arte da falcoaria, classificada como Património Imaterial da Humanidade, e por elementos do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente da GNR, que explicaram a importância da proteção das espécies selvagens de aves de rapina existentes na região.

Para além disso, as crianças puderam ser falcoeiras por um dia, estar em contacto com algumas espécies, observar voos de aves de rapina e ainda assistir à libertação de uma coruja do mato, encetada por elementos do Centro de Recuperação de Animais Selvagens, da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.

A iniciativa, organizada pela Associação Ambiental e Cultural Celtiberus, Diana Falco e FENCAÇA com o apoio do município de Boticas e do Boticas Parque, contou também com a presença de representantes da Associação de Caça Municipal “Caçadores das Breiras”.

 

loading...
Share.

Deixe Comentário