Durante a última semana, de 28 de setembro a 5 de outubro, foram registados casos positivos de Covid-19 em todos os concelhos que compõem a região do Alto Tâmega. 

Segundo informação partilhada pela Unidade de Saúde Pública do ACES do Alto Tâmega e Barroso, o concelho de Boticas deixou de ser o único da região sem registo de casos confirmados no passado dia 29 de setembro, contabilizando um caso positivo.
No concelho de Chaves, entre os dias 28 de setembro e 5 de outubro, foram contabilizados mais 17 casos positivos. O número de recuperados também aumentou, havendo mais 25 pessoas curadas. No dia 4 de outubro foi registada mais uma morte por Covid-19 neste concelho.
O concelho de Montalegre foi o que mais casos registou na região durante a última semana, essencialmente devido à situação vivida no lar de Nossa Senhora do Pranto, em Salto: passou de cinco confirmados, no dia 28 de setembro, para 47 no passado dia 5 de outubro (mais 42 casos). Não foi registado nenhum caso recuperado.
Ribeira de Pena não registou novos casos.
Em Valpaços os números voltaram a subir, passando de 12, no dia 28 de setembro, para 20, no dia 5 de outubro. Não foi registado nenhum caso recuperado.
O concelho de Vila Pouca de Aguiar não contabilizou nenhum novo caso, mas registou dez recuperados.
Assim, de acordo com a mesma fonte, na segunda-feira, dia 5 de outubro, contabilizava-se um total de 212 casos confirmados (de destacar que o registo é feito desde o passado dia 9 de março). Deste total de casos, 98 encontravam-se em fase ativa da doença: um em Boticas, 35 em Chaves, 45 em Montalegre, zero em Ribeira de Pena, 13 em Valpaços e 15 em Vila Pouca de Aguiar. Existiam 111 recuperados e três óbitos.
Ainda neste dia encontravam-se a aguardar resultado laboratorial 136 casos suspeitos, e 103 cidadãos encontravam-se em vigilância ativa por terem contactado com casos positivos de Covid-19.
Em Portugal a Covid-19 já chegou a mais de 79 900 pessoas, das quais mais de 50 mil recuperaram e registaram-se mais de dois mil óbitos.
Em todo o mundo já se contabilizaram mais de 35 milhões de infetados, cerca de um milhão e 50 mil mortes, e quase 27 milhões de recuperados.

loading...
Share.

Deixe Comentário