Câmara de Montalegre e a Cooperativa Agrícola do Barroso realizaram uma parceria com a Jerónimo Martins para incentivar a economia local.

De acordo com a autarquia, a Jerónimo Martins irá comprar 50 vitelos, com 140 a 220 kg de peso a carcaça, de 15 em 15 dias.

“O acordo visa reduzir o excedente que se verifica nesta altura no território, uma vez que os habituais circuitos de comercialização estão quase parados devido à conjuntura que vivemos. Caso haja oferta, este enlace é para continuar”, esclarece o município.

Para Orlando Alves, presidente da Câmara de Montalegre, esta parceria é “uma medida importante para o futuro da economia da região” que “só fará sentido se os produtores pecuários se envolverem”.

“Estamos a criar condições para que a produção local aumente porque a pouco e pouco iremos ter a garantia de que a nossa carne estará a encher as prateleiras das principais cadeias de distribuição do nosso país. Estou convencido que este é o caminho que em conjunto temos de saber trilhar”, sublinhou o autarca.  

O município tem a responsabilidade de suportar os encargos do transporte do gado até Santarém, onde será realizado o abate e será feita a desmancha do animal.

Maria João Freitas é uma das trabalhadoras do grupo Jerónimo Martins e é também de Montalegre. Esta barrosã foi a responsável por fazer a ligação entre a empresa e a autarquia pois considera que a “Jerónimo Martins tem a obrigação de ajudar neste momento a produção nacional”.

Os produtores poderão candidatar-se junto da Cooperativa Agrícola do Barroso com indicação das características do animal.

loading...
Share.

Deixe Comentário