Hugo Basaúla ganhou as duas mangas disputadas em Quintiães, na penúltima jornada do Campeonato Nacional de Supercross, ficando rigorosamente empatado com Hugo Santos na liderança do Campeonato Elite. Assim, o campeão absoluto de 2013 apenas será desvendado no próximo Sábado à noite, numa decisiva prova final, enquanto Sandro Peixe já assegurou a coroa na classe SX2.

 Hugo-SantosNa pista minhota de Quintiães, perto de Barcelos, Hugo Basaúla conseguiu o melhor desempenho possível para as contas do Campeonato, pois fica empatado com Hugo Santos na categoria Elite – cada um deles tem quatro vitórias, três segundos lugares e um terceiro nas corridas já realizadas – e além disso assumiu mesmo o comando na classe SX1, agora com 2 pontos de vantagem sobre o piloto flaviense. Em consequência, o “Nacional” de Supercross terá um final entusiasmante, com os dois pilotos a darem o máximo pelos títulos na derradeira jornada.

Sandro Peixe já garantiu com uma prova de antecedência a conquista do título na classe de SX2, considerando o facto de cada piloto desprezar o pior resultado da campanha para a contabilidade final.

Em Quintiães, na primeira manga Hugo Basaúla foi o único comandante e venceu, com 4,6s sobre Hugo Santos, que perdeu mais algum tempo na fase inicial da prova, devido à queda de um piloto que implicou a amostragem de bandeira amarela. Numa pista rápida, que favorece as mais potentes motos de 450 cc, Nélson Silva também se instalou no 3.º posto logo à segunda volta, escapando ao melhor representante da classe SX2, Sandro Peixe, cujos perseguidores – Diogo Graça e Marco Pereira – ficaram já a uma volta do vencedor absoluto.

A segunda manga começou com uma queda de Hugo Santos logo na primeira curva. O transmontano teve de aplicar-se em vigorosa recuperação, à sétima volta já era 3.º mas daí não passou. À frente, Hugo Basaúla liderou o pelotão desde a segunda volta até a final, assim como Nelson Silva segurou firmemente a 2.ª posição e terminou a 4,9′ do vencedor. Mais atrás, Sandro Peixe averbou uma queda, possibilitando a ascensão de Diogo Graça ao 4.º lugar. Apesar disso, Peixe tinha motivos para sorrir, pois o 5.º posto foi suficiente para garantir o título de SX2.

O Campeonato Nacional de Supercross terá a sua quinta e derradeira jornada na noite do próximo Sábado em Parceiros, perto de Leiria, onde a luta pelas coroas Elite e SX1 estará verdadeiramente ao rubro.

Redacção

loading...
Share.

Deixe Comentário