Autor Diário Atual

Economia
0

Chaves – Pelo terceiro ano consecutivo, os comerciantes do centro histórico também vão poder vender os seus produtos na rua, associando-se aos “Santos 2010” através da iniciativa da Procentro – Associação para a Promoção do Centro Urbano de Chaves – “STOCK OUT – O Comércio Sai à Rua”.

Economia
0

Valpaços – Um fruto de excelência do concelho, aliado a um salão de vinho, que põe em foco os melhores vinhos da região, um bolo de castanha que bate recordes e a animação constante são motivos mais que suficientes para visitar Carrazedo de Montenegro de 5 a 7 de Novembro.

Agenda
0

Chaves-Verín -De 2 a 5 de Novembro, a Eurocidade Chaves-Verín organiza a segunda edição da “Semana da Educação e Segurança Rodoviária”, com o objectivo de promover conjuntamente a educação e segurança rodoviária.

Casos
0

Chaves – Embateu contra um poste, arrancando-o, capotou, e só parou quando embateu num outro poste. Um homem de 62 anos ,na passada terça-feira, dia 26 de Outubro, um aparatoso acidente perto do Mercado Abastecedor de Chaves quando seguia no seu carro.

Casos
0

Valpaços – Um homem de Vilarandelo, no concelho de Valpaços, foi detido no passado domingo, dia 24 de Outubro, por posse ilegal de arma.

Casos
0

À volta de 20 efetivos da polícia e dos bombeiros andorranos participam nas operações de busca do português que desapareceu já no passado dia 11, segundo a agência de notícias andorrana ANA.

Casos
0

Boticas – Reivindicações do Município de Boticas parecem ter obtido eco junto do Ministro da Agricultura, tendo sido publicado um novo Despacho do Ministro, alargando o número de freguesias que podem beneficiar desta ajuda de emergência à alimentação animal, onde se encontram incluídas as freguesias de Covas do Barroso e de São salvador de Viveiro.

Últimas
0

Os feirantes que há anos animam a Feira dos Santos já viveram melhores dias. Desde que foram transferidos para a freguesia de Santa Cruz/Trindade, o negócio caiu drasticamente, apesar do desconto nas rendas. “Temos estado a conversar… Possivelmente para o ano não vamos vir para aqui”, admite José Tagaio, dirigente da Associação Portuguesa das Empresas de Diversões.