A ligação de Camilo às Terras de Basto teve uma “breve duração”, mas marcou definitivamente a sua vida e a sua obra literária com inúmeras referências a Ribeira de Pena, Cabeceiras de Basto, Mondim de Basto e Celorico de Basto.

A passagem de um dos maiores escritores portugueses pelas Terras de Basto está bem evidenciada na exposição “A vida e obra de Camilo Castelo Branco pelas Terras de Basto’’, organizada pela Casa do Tempo de Cabeceiras de Basto e que contou com a colaboração da Câmara de Ribeira de Pena, através da cedência de espólio da Casa de Camilo-Friúme.

Para além dos dados biográficos, das evidências da passagem e presença de Camilo por Terras de Basto plasmados na Literatura Camiliana, a exposição conta com a recriação da biblioteca de Camilo, enriquecida por uma marioneta representativa do escritor.

Camilo Castelo Branco (1825 – 1890) foi um escritor português, romancista, dramaturgo, cronista, poeta, crítico e historiador. Um dos mais destacados escritores da literatura portuguesa do século XIX.

A exposição está disponível até ao final do próximo ano, de terça-feira a domingo, entre as 9h e as 17h30.

loading...
Share.

Deixe Comentário