Ao longo de uma semana, os alunos da Escola Dr. Francisco Gonçalves Carneiro são os responsáveis por dar a conhecer a cidade de Chaves, e a região, aos estudantes de Itália e da Bulgária, no âmbito do projeto de mobilidade europeu Erasmus + “Spa Areas for Europe”.

A aposta em projetos internacionais tem sido uma das bandeiras do Agrupamento de Escolas Dr. António Granjo e esta iniciativa é já a segunda do género em que o agrupamento participa. A diretora do agrupamento, Paula Barros, explicou que para muitas crianças e jovens esta poderá ser uma oportunidade única na vida e uma forma de alargar horizontes.

Em Chaves, os cerca de 60 jovens, entre os 10 e os 12 anos, vão conhecer o património monumental, cultural e gastronómico, vão conviver com as gentes da terra e partilhar tradições dos seus países. Para além disso, vão também conhecer outros locais da região que têm como elemento agregador, e que deu mote a este projeto, a água termal .

“Pretendemos que tenham uma visão alargada daquilo que é o nosso concelho. Com estes alunos vêm professores e sabemos também que vêm encarregados de educação, que embora não viessem no mesmo voo estão a acompanhar a visita. Entendemos que é uma forma de os constituir como embaixadores daquilo que vão ver aqui em Chaves “, disse Paula Barros na terça-feira, dia 14, durante a cerimónia de boas vindas, que decorreu na Escola Dr. Francisco Gonçalves Carneiro.

Para ajudar nesta visita, os alunos portugueses, juntamente com os coordenadores do projeto, criaram roteiros turísticos onde, através da aplicação no telemóvel de leitura de códigos QR, é possível obter mais informações sobre o espaço que estão a visitar.

Presente na iniciativa, Fátima Pinto, responsável pelas Termas de Chaves, elogiou o projeto e defendeu a importância que este tem para o desenvolvimento do concelho.

“O que ficou definido é que levaríamos as crianças às termas, faríamos uma apresentação sobre o espaço, tendo em conta o passado e o presente, irão experimentar a água das nossas piscinas, para que conheçam em pormenor aquilo que fazemos em Chaves”, sublinhou.

A responsável acredita que será certamente uma novidade para os alunos estrangeiros e também para algumas crianças flavienses.

Depois de finalizada a semana, será a vez dos alunos portugueses viajarem até Itália e à Bulgária.
A diretora do agrupamento referiu que estão já a ser preparadas outras candidaturas de intercâmbio para o próximo ano letivo.

“Gostávamos de conseguir manter esta política de envolvimento dos nossos jovens com outros jovens europeus, até para que possamos praticar uma cultura para uma cidadania europeia e comecem a despertar para estas questões uma vez que eles são o nosso futuro e quanto mais envolvidos e conhecedores forem serão certamente uma mais-valia”, referiu.

A sessão de boas vindas contou ainda com a presença do presidente da Associação de Pais, Francisco Amaro, e da representante do Conselho Geral, Ana Lídia.

Cátia Portela

loading...
Share.

Deixe Comentário