A ACISAT vai lançar durante o mês de maio uma página na Internet com o nome ‘Alto Tâmega em casa’, um Marketplace para que os associados tenham a possibilidade de divulgar, de forma gratuita, os seus produtos.

“O objetivo é poder vender para os moradores e para clientes de fora da região. Desta forma conseguimos fazer a transição para o digital da maioria do comércio e micro empresas e ao mesmo tempo estamos a vender o que é nosso e a publicitar o nosso produto”, explicou Vítor Pimentel.

O responsável pela associação comercial realçou ainda que este é um “projeto interno da ACISAT, sem qualquer tipo de apoio e que obrigou a um esforço”.

“Queremos dar resposta às dúvidas digitais e poderá ser necessário uma pessoa para dar assistência. A ideia é que quer vendedores, produtores e consumidores sintam confiança na sua utilização”, acrescentou.

A ACISAT não será intermediária na venda e não haverá nenhuma comissão. É facultado o serviço aos clientes com única exclusiva intenção de promover o comércio e a gastronomia locais, disse ainda.

Vítor Pimentel realçou que os restaurantes vão poder elaborar ementas digitais, para que na altura de reabertura destes espaços não seja necessário utilizar as ementas tradicionais que passam de mão para mão.

“É extremamente importante dar confiança aos agentes económicos para que os consumidores se sintam em segurança”, vincou.

O dirigente considera ainda que a população portuguesa está “a render-se ao digital” e com a pandemia está “à procura de soluções de proximidade”.

“As lojas de proximidade diminuem a concentração de pessoas”, lembrou, defendendo a aposta no comércio local nesta fase.

E concluiu: “A ACISAT gostava de fazer sozinha, mas não tem meios para isso. Lançamos um repto aos municípios e à CIM Alto Tâmega para que façam uma aposta grande, não só do território, mas dos produtos locais”.

loading...
Share.

Comentarios fechados.