O Santuário da paróquia de Ervededo prepara a tradicional peregrinação anual, que se realiza entre os dias 7 e 9 de agosto, de maneira inusual, devido à crise pandémica. Há mais Eucaristias e mais espaçadas, novos dispositivos de segurança e novas regras. Inexistência de procissões e fecho dos espaços de culto às 22h são outras das novidades provisórias, bem como a obrigatoriedade do uso de máscara nos espaços e distanciamento social. 

Segundo informação divulgada pelo gabinete de comunicação do Santuário de São Caetano, este ano não haverão as tradicionais barraquinhas, nem as bandas filarmónicas marcarão presença, assim como não se realizará a grande peregrinação que seria a procissão de domingo.

“O São Caetano prepara um ano de festa puramente espiritual e devocional, atendendo a todas as normas impostas pela Direção-Geral da Saúde, estando já todos os locais de culto abertos e com sistemas de desinfeção e circuitos de segurança elaborados, desde 31 de maio”, lê-se no comunicado.

O Santuário prepara um conjunto de medidas e um calendário mais alargado de celebrações litúrgicas, para evitar a grande acumulação de pessoas nos recintos de oração.

A partir de dia 17 de julho, e até ao tríduo da Festa de São Caetano, o Santuário passará a ter celebração eucarística todas as sextas-feiras, às 19h30, aos sábados, às 10h e todos os domingos, pelas 10h45.

“Este alargamento na oferta litúrgica pretende acolher o máximo número de peregrinos possível durante um período mais longo de tempo, de maneira a descongestionar o domingo de festa e poder proporcionar a todos os que peregrinam uma celebração eucarística. Quem peregrinar em grupo e desejar incluir a sua peregrinação nas intenções da eucaristia pode informar o santuário através do e-mail santuário.saocaetano@gmail.com ou através da página de Facebook do santuário”, esclarece o mesmo comunicado.

Os três dias antes caracterizados por uma grande afluência de pessoas e grande concentração sofrerão grandes mudanças. A mais notada será a não realização da procissão noturna de sábado, dia 8, e a grande procissão de São Caetano no domingo, dia 9, cumprindo as determinações da Conferência Episcopal Portuguesa. A

tendendo também às novas normas estipuladas pelo Governo, os espaços de culto durante os três dias da peregrinação serão encerrados a partir das 22h, de maneira a evitar ajuntamentos noturnos.

Os tradicionais horários sofrerão também alterações. Na sexta-feira, dia 7 de agosto, que é dia da festa litúrgica de São Caetano, será celebrada Eucaristia pelas 19h30.

Sábado, dia 8, contará com duas Eucaristias para evitar o aglomerado de peregrinos, sendo celebrada uma missa às 10h. Pelas 21h será celebrada a Missa da Vigília. Uma vez que este ano não se pode realizar a procissão de velas, esse momento será simbolicamente substituído pela bênção da luz e um momento de oração e recolhimento.

Domingo, dia 9, sofrerá também as adaptações necessárias. Será celebrada Eucaristia pelas 7h da manhã para os peregrinos matutinos. Pelas 9h celebrar-se-á a Eucaristia em Língua Castelhana, como habitualmente acontecia. A grande Eucaristia Festiva mantém o seu habitual horário das 11h, não contando este ano com a sua procissão.

A reitoria do Santuário quer assegurar que todas as disposições de higiene e segurança sejam cumpridas, por isso, garante que todos os colaboradores estarão devidamente identificados e protegidos, utilizando máscaras e viseiras, bem como luvas. À disposição de todos os peregrinos existem diversos dispensadores de gel desinfetante, e também será garantida a desinfeção regular de locais de uso comum, como as casas de banho. Haverá ainda uma sensibilização para que, mesmo em espaço aberto, se mantenha o distanciamento social, com a delimitação de circuitos.

“É uma adaptação difícil de fazer, pois ninguém conseguiria imaginar uma romaria transmontana de outra forma a não ser cheia de pessoas, com as suas bandas da música, as tendas, a missa e as majestosas procissões, mas a pandemia da COVID-19 veio transformar radicalmente a nossa forma de estar, e nem a igreja escapou às novas regras impostas, para bem de todos”, conclui o gabinete de comunicação do Santuário de São Caetano.

loading...
Share.

Deixe Comentário