Estratégia de vacinação contra a Gripe Sazonal, em Chaves, que passa por levar a vacinação às freguesias, inicia no próximo dia 19 de outubro. 

O plano de vacinação contra a Gripe Sazonal direcionado aos grupos de risco – pessoas com mais de 65 anos ou com doenças do foro cardíaco, diabetes, hepáticas ou oncológicas – resulta de uma colaboração entre a autarquia flaviense, o Agrupamento de Centros de Saúde do Alto Tâmega e Barroso e a Associação das Juntas de Freguesia. O objetivo passa por evitar os grandes aglomerados que todos os anos, por esta altura, acontecem nos centros de saúde para que a vacina da gripe seja administrada. Assim, foram tomadas várias medidas.

O plano de vacinação tem início dia 19 do presente mês de outubro em vários locais do concelho. As pessoas que residem nas freguesias urbanas – Madalena e Samaiões, Santa Cruz Trindade/Sanjurge e Santa Maria Maior – podem deslocar-se aos centros de saúde durante a semana, onde irá ser disponibilizada uma tenda no exterior dos mesmos, a funcionar das 9h às 16h, para que lhes seja administrada a vacina. Caso as pessoas não consigam fazê-lo durante a semana, no fim de semana de 24 e 25 de outubro os centros de saúde de Chaves estarão abertos, das 9h às 17h, para que as pessoas possam ser vacinadas. Apesar de as pessoas poderem aparecer a qualquer hora, dentro do horário estabelecido, existe preferência para que a vacinação seja efetuada por marcação, exatamente para evitar aglomerados desnecessários nos tempos de pandemia que estamos a viver.

As pessoas que residem nas restantes freguesias do concelho flaviense poderão ser vacinadas nas suas localidades, pois haverá uma equipa do centro de saúde a deslocar-se a estas localidades. Esta deslocação será feita mediante o roteiro abaixo disponibilizado.
As pessoas que se encontram em Estruturas Residenciais para Idosos ou nas suas casas acamadas já foram vacinadas.

“Faz sentido, usar os recursos que existem, para que de facto esta solução seja possível. Existem dois objetivos centrais: que de facto as pessoas sejam vacinadas e que o sejam em segurança. Isto foi a grande motivação desta cooperação que poderá vir a acontecer em outros processos também. Temos de adotar soluções excecionais para situações excecionais”, concluiu o presidente da Câmara Municipal de Chaves, Nuno Vaz.

A vacina para os grupos de risco é gratuita. As pessoas que não têm acesso gratuito a esta vacina, mas que têm prescrição do médico, podem vacinar-se também nestes locais, nas mesmas datas e horários.

Prevê-se que este plano de vacinação esteja concluído no dia 25 de outubro.

Maura Teixeira

 

 

loading...
Share.

Deixe Comentário