A partir de amanhã, dia 12, e até ao dia 19 de julho, a GNR vai realizar ações de sensibilização e de fiscalização rodoviária intensiva de controlo da velocidade para diminuir a sinistralidade nas estradas nacionais.

Em comunicado, a GNR explica que objetivo desta ação passa por “promover uma cultura que resulte em comportamentos mais seguros por parte dos condutores e na diminuição da sinistralidade rodoviária grave”.

“O excesso de velocidade continua a constituir em Portugal uma das principais causas da sinistralidade rodoviária grave, seja pela diminuição do tempo de reação do condutor para fazer face a um imprevisto, ou pelo agravamento das suas consequências em resultado da maior violência do embate”, refere a corporação.

A GNR lembra que “quando a velocidade duplica, a distância de travagem quadruplica, e em caso de acidente, a probabilidade de resultarem vítimas mortais ou feridos graves aumenta oito a 16 vezes”.

Em 2018 e no 1º semestre deste ano, a força de segurança controlou a velocidade de cerca de 11 milhões de veículos, dos quais 232 532 circulavam em excesso.

Nesta operação serão empenhados militares dos Destacamentos de Trânsito dos Comandos Territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito.

loading...
Share.

Deixe Comentário