Terminado o campeonato nacional da II divisão, o treinador do Chaves Futsal fez um pequeno balanço da época desde que chegou ao clube, após a vitória contra o Bom Pastor.

“Tivemos que engolir muitos sapos e ultrapassar muitas coisas. Em 16 jogos temos 13 vitórias, um empate e duas derrotas, essas são as nossas contas, agora outros que façam as contas que quiserem”, atirou o treinador, considerando que “cumpriu os objectivos”.

“Não vale a pena culpar A, B ou C, mas continuo a dizer que com a qualidade do plantel e com os jogadores que ficaram e mais os que saíram, o Chaves, com uma estrutura diferente estaria a caminhar a passos largos para a primeira divisão”, afirmou Fernando Parente.

De resto o treinador atacou mesmo a direcção do clube. “A direcção não esteve à altura da equipa e a quem lhe couber que enfie a carapuça”, revelando que a equipa técnica teve muito trabalho em levantar a equipa a nível físico e psicológico.

Não considerando para já um adeus ao clube, o treinador do Chaves Futsal assegura que muita coisa terá de mudar. “Temos que saber bem com aquilo que lidamos e com o que podemos trabalhar. Nas vitórias é fácil ter gente a dar palmadinhas nas costas, mas era importante que essas pessoas também o fizessem nas duas derrotas. E isso não se viu. Temos de destacar o Calina que foi incansável desde que chegou para arranjar apoios”, revelou.

Fernando Parente terminou deixando ainda um conselho aos jogadores: “Deve haver uma conjugação de vontades, da estrutura em si, da equipa técnica e dos atletas, consoante a estrutura apresentada e consoante aquilo que foi prometido seja solucionado”.

Diogo Caldas

 

loading...
Share.

9 comentários

  1. As derrotas do junqueira e do bom pastor não contam? Deve ser pelo facto destas duas equipas terem descido de divisaõ. Ou como muito bem refere o treinador, é culpa é da direção. Estas derrotas nunca deviam ter existido. Vergonhoso. mas o treinador que tem voltar á escola para fazer contas 🙂

  2. Oh menezes tu não percebes nadinha.. O Chaves FC na realidade e no campo ganhou esses 2 jogos e é isso que realmente fica para o trabalho da equipa técnica e jogadores… Agora depois virem a retirar os pontos por uma estupidez da direcção, não retira em nada o sentimento de vitoria de toda a equipa..
    Na realidade a equipa só perdeu 1 jogo que foi em casa do Braga… Tudo o resto é treta..

  3. oh gfrd e contra o lameirinhas em casa, também é derrota na secretaria? ou tinha sido já antes de começar o jogo com a conversa de balneario e tudo o que se tinha passado ao longo da semana? por isso é melhores estares calado gfrd pois nao percebes nada disto

  4. Oh Menezes mas se leres bem a noticia vais ver que essa derrota foi contabilizada pelo treinador..
    16 Jogos = 13 Vitorias + 2 Derrotas (Lameirinhas e Braga) + 1 Empate (Nogueiro)…
    Mandaste o Treinador para a Escola, mas afinal tens que ir tu para lá… Para aprenderes a ler e interpretar o que se escreve.. E também para apreenderes a contar..

  5. quem seria o sr carlos ventura??? algum membro da direçao??? ou algum adepto que gostaria de estar no lugar de outros??? e o sr menezes? menezes o que? olha vcs precisam aprender a nao ter medo antes de mandar papaias , falar mal é facil, inveja das pessoas é pior ainda…um dia se um de vcs viverem uma situaçao parecida acredito que serao os primeiros a pularem fora…

  6. oh gfrd voce é escreveu no seu comentário o seguinte: na realidade a equipa só perdeu 1 jogo que foi em casa do Braga… Tudo o resto é treta. afinal que precisa de estudar é voce.

  7. Este sr parente é a maior aberraçao no mundo do futsal por isso é que deve andar sp a procura de clube, pk é um mal agradecido, mau treinador, e má pessoa… e ele sim é um dos maiores sapos…

    • fernando parente on

      Em primeiro de tudo quero felicitar as pessoas que trabalham neste site, pelo facto das mesmas realizarem um trabalho sério, honesto e que dignifica o desporto da cidade de Chaves e região transmontana.
      Em segundo e porque não é um costume meu vir comentar seja a notícia que for e independentemente das pessoas em questão, agradecer a este “q” o facto de me tratar por senhor (gostei, respeito é lindo… mas logo aqui nota-se que não pertence ao meu rol de amigos e/ou conhecidos), mas só e apenas pelo respeito que teve em tratar-me por senhor.
      Continuando o meu raciocínio, dizer ao “q”, que não deve ser muito boa pessoa, porque senão não seria cobarde ao ponto de vir aqui disfarçado em “q” a falar e tratar mal pessoas que não conhece ou que não tem conhecimento nenhum.
      Entendo que se trate de alguém ressabiado, que possivelmente nunca tenha sido orientado por mim em lado nenhum (será que o dispensei em algum lado??), ou que ainda e deve ser o mais correcto, que não seja ninguém neste mundo do futsal e que para o “q”, a bola na terra dele seja a bexiga dum boi…ou então quadrada.
      Para finalizar dizer-lhe que não ando nem nunca andei à procura nem a oferecer-me a nenhum clube (e aqui está, se o “q” fosse alguém que tivesse o mínimo de conhecimento da minha pessoa iria saber isso), e que tenho imenso orgulho em sempre ter sido convidado pelos directores dos clubes sem nunca ter de apresentar o meu currículo.
      Ainda, que cada pessoa no seu ramo tem a sua competência (eu sei qual é a minha e tenho a certeza da mesma, tal como os atletas que são orientados por mim), já o “q” não me parece bem que conheça a sua, seja qual for a sua profissão (que deve ser mais do que vir para um site armado em cobarde a falar mal de quem não conhece).

Deixe Comentário