Decorreu na sexta-feira, dia 16 de junho, na Biblioteca Municipal de Chaves, a apresentação do livro “O Homem Sem Memória”, último romance de João Madureira.

A apresentação do livro foi um êxito, pois, “encheu literalmente o auditório e esgotou a primeira impressão da obra, numa verdadeira festa de cultura e amizade, raramente vista em Chaves em eventos deste género”, referiu João Madureira, salientando que a “cultura e as instituições que ajudaram na publicação do romance estão de parabéns”.

Na apresentação do livro, além do autor, João Madureira, estavam na mesa Emília Nogueira, Luís Risco e Francisco Preto que, com as suas brilhantes e bem-humoradas intervenções, ajudaram o autor da obra a dar sabor e colorido ao evento.

Na plateia destacaram-se várias personalidades políticas, sociais e culturais da cidade de Chaves, nomeadamente o presidente da autarquia flaviense, António Cabeleira, e a deputada Manuela Tender.
Quanto ao livro “fala de memórias. Daquelas que fazem de nós aquilo que somos, que nos moldam, que nos aprisionam e que para o bem e para o mal são o nosso mundo e a nossa vida”, referiu o autor. “É, sem sombra de dúvida, um espaço de ficção onde cada leitor vai por certo encontrar um ou outro momento que por si poderia ter sido vivido”, concluiu.

João Madureira editou em 2004 o romance “Crónica Triste de Névoa” e tem divulgado diversa poesia e contos em revistas e coletâneas. Destacam-se “Demónios Sem Rabo”, na antologia galega de contos do Sacaúntos Romasanta e “Chove na Ponte Escrita”, na coletânea de contos do primeiro encontro da Ponte Escrita em Chaves.

Share.

Deixe Comentário