A Polícia Judiciária (PJ) identificou e deteve um homem suspeito de ter ateado um incêndio em área florestal em Sapelos, no concelho de Boticas.

De acordo com a PJ, o homem, pastor de profissão, com 56 anos, é o autor do incêndio que ocorreu no passado dia 13 de março, cerca das 15h, e que colocou em perigo mais de 800 hectares de floresta, que incluíam vários sobreiros, castanheiros e pinheiros, bem como alguns anexos agrícolas. No local estiveram os bombeiros que impediram que os anexos fossem consumidos e mais área florestal fosse destruída.

O detido foi presente a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.
A operação contou com o apoio da Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real e da GNR/SEPNA Chaves.

Share.

Deixe Comentário