Como já vem sendo hábito em Travassos do Rio, concelho de Montalegre, a celebração dos “Reis” foi feita antes do novo ano. A presença dos emigrantes que nesta quadra festiva regressam à terra é o motivo deste encontro festivo. Para além de manter a tradição, promove o convívio entre a população.

A comemoração dos “Reis” é uma das tradições que ainda se mantém em alguns pontos do concelho de Montalegre. A par do seu simbolismo histórico reveste-se de companheirismo e amizade, convidando ao convívio e à celebração. Em Travassos do Rio voltou a contar com elevada participação da comunidade emigrante que nesta época de Natal regressa à aldeia. Orlando Alves, presidente da Câmara de Montalegre, destacou «a importância desta celebração para os muitos emigrantes e população residente». É bonito «sentirmos este calor humano, estas vontades que se unem para que toda a comunidade esteja presente», considerou o autarca.

Espírito de união

José Bento Caselas, presidente da União de Freguesias de Sezelhe e Covelães, destaca a importância de um convívio que «une a população e conta com a representação das várias aldeias da freguesia». Outra particularidade é a «participação dos emigrantes que estão sempre disponíveis para participarem neste convívio», concluiu.

Share.

Deixe Comentário