Por mais um ano consecutivo, os alunos da Escola Profissional de Chaves saíram à rua para a realização do Open Day (em português Dia Aberto), no qual, para além de lhes ser proporcionado um dia diferente, levaram até ao coração da cidade os vários cursos lecionados na instituição podendo, deste modo, atrair futuros alunos a este estabelecimento de ensino.

Mais uma vez, o local escolhido para a realização do Dia Aberto da Escola Profissional de Chaves foi o Jardim das Caldas. Na passada quarta-feira, dia 23 de maio, os alunos da Escola Profissional de Chaves realizaram um rally pedestre, percorrendo as várias artérias da cidade, participaram em jogos populares, tiveram contacto com artes marciais chinesas, realizaram uma color party, habilitaram-se ao sorteio de um prémio surpresa relacionado com a informática e terminaram o dia com um lanche convívio. Ainda durante a tarde de quarta-feira, foram entregues os prémios relativos ao torneio de futsal realizado entre os alunos da Escola.
Para além de ser proporcionado aos alunos da EPC um dia diferente e fora das instalações da escola com muita música, atividades e animação à mistura, o Open Day serve também para apresentar aos alunos de outras escolas que irão terminar agora o 9º ano, e que ainda estão indecisos quanto ao seu futuro escolar, os cursos que no próximo ano letivo este estabelecimento de ensino vai ter em oferta. “Uma das vertentes deste dia é também promover e divulgar os cinco cursos que para o ano estamos a pensar abrir. São os dois cursos da área da hotelaria, que são Cozinha/Pastelaria e Restaurante/Bar; o curso de Eletrónica, Automação e Computadores, portanto, uma vertente da informática; o curso de Termalismo, que tem estado sempre presente nos últimos anos na Escola Profissional de Chaves; e vamos reabrir o curso de Turismo”, explicou António Silva, diretor pedagógico da Escola Profissional de Chaves.
Mas não é só de alunos que se faz o Open Day da Escola Profissional de Chaves. Mais uma vez, professores e funcionários fizeram questão de participar nas atividades, dando, uma vez mais, uma prova do ambiente familiar que se vive na Escola e da relação de proximidade existente entre todos os que a coabitam.
“O balanço é positivo. Já vi também muita gente que não é da Escola Profissional de Chaves, ou seja, são pessoas que foram atraídas por este movimento e estão aqui também a ver-nos. Já tivemos o caso de pessoas da terceira idade, digamos assim, a participar na prova física de artes marciais. Parece-me que este ano há mais gente de fora da Escola, era um dos objetivos, e acho que foi cumprido”, sublinhou António Silva.
O Open Day 2018 contou com o apoio da autarquia flaviense e de empresas parceiras da Escola Profissional de Chaves.

Maura Teixeira

 

loading...
Share.

Deixe Comentário