No dia 18 de março do ano passado realizou-se, em Chaves, o I Simpósio sobre Judaísmo em Trás-os-Montes, acontecimento singular que superou as melhores expectativas, tanto pela qualidade das comunicações e pelo debate que se seguiu, como pelo número de participantes.

Da avaliação do mesmo ressaltou a necessidade de ir mais além, tanto na duração do evento como no número de palestrantes, pois o rigor científico estava já assegurado. Por essa razão, a organização do evento decidiu alargar a sua duração para dois dias e convidar oito palestrantes.

O êxito então alcançado traz-nos maiores responsabilidades para a segunda edição do simpósio sobre judaísmo que se realiza, em Chaves e Valpaços, nos próximos dias 9 e 10 de março, sendo uma organização do Centro de Estudos Judaicos do Alto Tâmega (CEJAT) e dos municípios flaviense e valpacense.

No dia 9, as comunicações científicas, no Auditório do Hotel Forte de São Francisco, com investigadores vindos de Lisboa, Porto, Bragança, Amesterdão, Madrid e Tui. À noite, pela primeira vez em séculos, um jantar kosher num restaurante flaviense, supervisionado pelo rabino Yehonatan Elazar-DeMota, de Amesterdão.

O dia 10 inicia-se, com uma breve explanação sobre os objetivos da visita, na sede do Rotary Clube de Chaves, seguindo-se a visita à “judiaria” de Chaves, a Valpaços e a Lebução, onde será proferida a palestra “Casa Grande, que futuro?” e se encerrarão os trabalhos.

Mais informações no site: https://rotarycejat.wixsite.com/iisimposio.

 

 

loading...
Share.

1 comentário

  1. Boa tarde
    Dado o interesse que tenho pela matéria, Herança Judaica em Portugal, e por ser transmontana, Vinhais, agradecia que me informassem e se possível me disponibilizassem Actas relativas ao I e II Simpósio sobre o Judaísmo, realizadas quer no ano passado quer nos dias 9 e 10 do corrente mês de Março.
    agradecida pela atenção

Deixe Comentário