Encontro aconteceu no passado dia 2 de julho.

Alberto Machado, presidente da Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, e Francisco Rodrigues dos Santos, presidente do CDS-PP, reuniram no edifício dos Paços do Concelho, em Vila Pouca de Aguiar, tendo estado também presentes Duarte Mairos e Gonçalo Gonçalves, da associação Youth Academy.

De acordo com a autarquia aguiarense, o edil priorizou três medidas para desenvolver o interior: bens e serviços públicos com presença efetiva do Estado (o inverso do encerramento de postos da GNR, Unidades de Saúde, Bancos Públicos, Correios, etc.); acabar com a centralização, na qual existe um divórcio entre estratégias nacionais e regionais (dando o exemplo da agricultura, o planeamento tem de partir de quem está no terreno, de dentro para fora); e adequar os quadros comunitários ao território apoiando projetos de acordo com os territórios (atualmente o Alto Tâmega é a segunda região com menor rendimento per capita do país).

Francisco Rodrigues dos Santos subscreveu as medidas apontadas pelo presidente da Câmara aguiarense, referindo que “as assimetrias entre o Interior e o Litoral se combatem também com um plano nacional de investimentos que dê prioridade aos territórios de baixa densidade”.

Parte deste encontro fez também a visita a uma pedreira da região, na qual esteve presente Mauro Gonçalves, presidente da Associação dos Industriais do Granito.

A iniciativa partiu da associação juvenil, que tem vindo procurar aproximar os jovens de figuras do “panorama cultural e político português e internacional”, conclui nota da autarquia publicada no seu site oficial.

loading...
Share.

Deixe Comentário