Vidago FC 2-1 Atei FC (Int. 0-1)

O Vidago conclui mais uma jornada com um justo triunfo , num jogo onde teve o esclarecimento e competência necessárias para dar a volta a um resultado que começou por ser adverso no primeiro período do jogo.

Com o campeonato Distrital da Divisão de Honra a caminhar para o final, o João de Oliveira, recebia um jogo algo importante, uma vez que a equipa da casa pretendia redimir-se dos resultados menos bons das últimas jornadas, e espreitava a hipótese de subir ao terceiro lugar da tabela classificativa.

Com estas equipas tranquilas na tabela, o aliciante para esta partida detinha-se na possibilidade de saber se no particular duelo Vidago Montalegre, que equipa iria ocupar o lugar nº 3 da classificação geral.

De volta ao jogo, e para o público que se deslocou ao João de Oliveira, nesta tarde típica de Primavera, viu a sua equipa vencer o Atei, mas também presenciou em muitos momentos períodos de mau futebol com ambas as equipas a errarem muito e houve momentos em que a bola foi mesmo maltratada, numa partida que até ameaçou ser produtiva, com um bom início da formação da casa, que nas primeiras jogadas do jogo criou várias oportunidades de perigo sem contudo conseguir marcar e acabou mesmo por se colocar em desvantagem á passagem do minuto 39, quando o lateral direito Guima que se incorporou no ataque, com um remate cruzado envia a bola para o fundo das redes á guarda de Vieira e coloca os visitantes em vantagem no marcador.

Após a obtenção do golo do Atei, seguiu-se um período onde o mau futebol imperou e os últimos minutos do primeiro tempo foram um autêntico pesadelo para respeitável que se excetuar-mos o lance aos 32 minutos onde Tiago apareceu só frente ao guardião contrário e não consegui materializar em golo, e a equipa da casa, não conseguia ligar um único lance ofensivo.

Para a segunda parte, os Albi-Negros entraram com outra postura e em dez minutos fizeram mais do que em toda a primeira parte. Aos 47 minutos Guillaume faz a primeira ameaça mas, o seu remate foi superiormente defendido por Tiago. 9 minutos mais tarde, o mesmo jogador Guillaume, viria a alcançar o tento do empate e relançar a partida

Com a obtenção do golo do empate, Os Albi-Negro estavam convictos que poderiam chegar á vitória e nos minutos que se seguiram intensificaram o seu futebol ofensivo com Guillaume sempre a tentar a sua sorte até que, á passagem do minuto 65, Miguel derruba um jogador Vidaguense dentro da área João Cabral não hesitou e de imediato apontou para a marca de grande penalidade o rei dos marcadores foi o encarregado da marcação e não desperdiçou e coloca a sua equipa em vantagem.

Aos 72 minutos, o Atei fica reduzido a dez unidades com a expulsão de Ricardo e a esta altura se com onze já era complicado, com menos um jogador no terreno de jogo as coisas ficaram muito mais complicadas para os visitantes.

Depois sim, chegou a hora do desperdício. Aos 78 minutos, Telmo, surgiu isolado mas o seu remate saiu á figura do guardião. Nos minutos seguintes, Guillaume falha por um triz o terceiro golo. E já em período de compensação ainda houve tempo para Pedro Adão enviar uma bola ao poste. O Vidago, mesmo não realizando uma grande partida dispôs de chances suficientes para dilatar vantagem no marcador: mas o principal objetivo estava conseguido. Vencer a partida e conquistar os três pontos.

Nesta segunda parte, a equipa comandada por Júlio Batista melhorou o seu jogo ofensivo tendo criado várias ocasiões para marcar. Uma palavra de apreço para a equipa do Atei que mesmo com menos uma unidade em campo nunca baixou os braços o que só valoriza a vitória dos Albi-Negro

Augusto Oliveira

Ficha de Jogo

Vidago FC – Atei FC, 2-1

Estádio: João de Oliveira.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores: Guima 39’, Guillaume 56’ e 65’.

Equipas:

Vidago FC: Vieira, Márcio, Nuno, Hélio e Daniel, Portal, Tiago e Pedro Adão, Francescato, (Telmo 57’) Guillaume, e Ruca.

Treinador: Júlio Batista

Atei FC: Tiago, Guima, Ricardo, Aldo, Roberto, Óscar, (Nuno 75’) Fintas, André, (Zé Russo 57’) Nandinho, (Dani 70’) Júnior, Miguel

Treinador: Carlos Silva

Árbitro: João Cabral

Acção disciplinar: C. Amarelo. Nuno 35’, Miguel 55’) Ruca 58’, Nandinho 65’, Òscar 69’, Roberto 72’, Tiago 77’, Telmo 78’. C. Vermelho. Ricardo 72’.

 

 

loading...
Share.

Deixe Comentário