Depois da sua abertura no dia 2 de julho, a Unidade de Cuidados Continuados de Média Duração e Reabilitação (UCCMDR) já recebeu 13 utentes que foram obrigados a estar em quarentena, impedindo a unidade de receber mais doentes.

Segundo divulgou a Santa Casa da Misericórdia de Valpaços, os utentes direcionados para a Unidade de Cuidados Continuados de Média Duração e Reabilitação encontravam-se em quarentena, de acordo com a orientação da Direção-Geral da Saúde, o que impedia a “admissão de novos utentes”. O isolamento terminou na terça-feira, dia 21, o que permite, agora, à unidade de saúde ocupar as restantes camas disponíveis, 22 no total.

Recorde-se que com este novo equipamento foram criados mais de duas dezenas de novos postos de trabalho, a maioria dos quais quadros qualificados (enfermeiros, psicólogas, assistentes sociais, médicos, fisioterapeutas, fisiatras, terapeutas ocupacionais, terapeutas da fala, animadores socioculturais, nutricionistas, auxiliares de ação médica e de serviços gerais).

loading...
Share.

Deixe Comentário