O Lar de Santa Isabel, uma das estruturas residenciais para pessoas idosas da Santa Casa da Misericórdia de Chaves, proporcionou, no passado dia 30 de agosto, uma tarde especial, cheia de animação, diversão e alegria que juntou utentes, colaboradores e familiares presentes naquele equipamento social.

Sob o slogan “porque viver é motivo suficiente para festejar”, a animação contou com a presença de Artur Branco e Rui Louro, que, voluntariamente, deram o seu contributo para a realização da atividade recreativa, cantando e tocando músicas tradicionais que reúnem a preferência da população sénior.
A atividade que promoveu as boas práticas e atividades voluntárias contou com a participação ativa das pessoas que integram aquela resposta social, envolvendo de forma salutar utentes, colaboradores e famílias, de forma a estreitar laços de proximidade e procurando sobretudo promover a qualidade de vida dos idosos institucionalizados.
“Isto é uma animação, está a ser um dia muito bonito, venham mais destes, obrigada a todos”, disse a utente Palmira Alves. O entusiasmo foi geral. Francisco Pinto, outro utente a residir naquele equipamento, sorria e cantarolava as canções do seu tempo e apesar da mobilidade condicionada, mostrou-se bastante satisfeito, “que bom que está a ser isto, parece que estou na minha terra”, acrescentou.
De acordo com Carla Quintas, a diretora técnica daquela estrutura de apoio a idosos, “esta atividade vem complementar o trabalho diário da animação sociocultural que, juntamente com a restante equipa, contribuiu para proporcionar momentos de lazer e alegria, contrariando simultaneamente as limitações físicas e psicossomáticas dos utentes. A música foi a nossa terapêutica, todos dançámos e todos cantámos, todos vivemos este momento de alegria. Mas, sem dúvida, o mais gratificante foi ver o envolvimento de todos – utentes, familiares e colaboradores – na dinamização daquela que decidimos chamar a ‘festa da vida’, porque viver é motivo suficiente para festejar”.
A marcha de Chaves finalizou o evento que contemplou ainda um lanche típico da região, onde não poderia faltar o tradicional presunto de Chaves.

Sandra Gonçalves

 

loading...
Share.

Deixe Comentário