O atleta de Boticas, Telmo Marinho, está a preparar a participação inédita no mundial de Pankration ao serviço de Portugal, na prova que decorre entre 15 e 17 de novembro em Roma, Itália. Flaviense Vítor Gomes participa como técnico.

“É uma nova experiência, não faço a mínima ideia do que me espera, mas estou a confiar nas minhas capacidades”, explicou À Voz de Chaves o atleta de 27 anos do Clube de Praticantes de Kung Fu de Boticas (CPKFB).
No mês passado Telmo Marinho estreou-se no mundial de Wushu Kung Fu, que decorreu em Xangai, de 17 a 24 de outubro.
Agora, em outra modalidade, o botiquense lembra que “todas as participações são importantes, a partir do momento que estamos a representar a nossa pátria devemos dar toda a importância”.
Habituado ao Kung Fu, Telmo Marinho explica que há muitas diferenças para o Pankration: “a maior delas é no Pankration a luta se prolongar pelo chão”.
O objetivo de ter participar em modalidades diferentes é de “melhorar como atleta e ter mais competições”.
Sem nenhuma meta em específico, o transmontano quer “dar o meu melhor para representar bem o meu país e a minha região”.

Vítor Gomes convocado como técnico

O mestre Vítor Gomes, da Associação Portuguesa O Samurai, está convocado como treinador-adjunto para representar a seleção de Portugal no Mundial de Pankration.
Além de treinador, Vítor Gomes marcará presença como massoterapeuta da selecção.

Diogo Caldas

loading...
Share.

Deixe Comentário