Depois de mais de seis meses desde o aparecimento do vírus da SARS-CoV-2 em Portugal, o concelho de Boticas deixou de ser o único da região do Alto Tâmega e também do distrito de Vila Real sem registos positivos, tendo surgido, na terça-feira, dia 29 de setembro, a confirmação do primeiro caso.

A notícia chegou através do boletim epidemiológico da Unidade de Saúde Pública do ACES do Alto Tâmega e Barroso, tendo a autarquia de Boticas emitido um comunicado, assinado pelo presidente da Câmara, Fernando Queiroga, relativo à situação. 

Segundo este mesmo comunicado, trata-se de um botiquense natural de uma aldeia do concelho e que está internado numa unidade de saúde da região, tendo estado muito recentemente na sua terra natal. O documento informa ainda que todos os contactos mais diretos deste munícipe realizaram o teste tendo o resultado sido negativo. No entanto, é pedido a todas as pessoas que mantiveram um contacto mais próximo com esta pessoa para se manterem atentas a quaisquer sintomas compatíveis com a Covid-19 que possam surgir nos próximos dias. 

“Mais do que nunca devemos zelar pela nossa segurança e pela segurança dos outros, em especial daqueles que nos são mais próximos, cumprindo as normas das autoridades de saúde, como o uso de máscara, a higienização regular das mãos e o distanciamento social”, destaca o edil botiquense, acrescentando que “a responsabilidade de continuarmos a ter um concelho seguro é só nossa. O importante é que cada um faça a sua parte”. 

loading...
Share.

Deixe Comentário