O auditório do Parque Ambiental de Ribeira de Pena foi o palco, no passado dia 6 de março, de uma sessão de esclarecimento sobre as novas regras de gestão dos Baldios e as respetivas implicações práticas na vida dos produtores pecuários, sobretudo no que diz respeito ao acesso a candidaturas a apoios e subsídios.

Recentemente houve alterações na lei de gestão dos baldios que passam por um maior controlo administrativo dos mesmos para validar a informação declarada pelos beneficiários.

De acordo com nota enviada pela autarquia de Ribeira de Pena à comunicação social, “a candidatura às ajudas comunitárias de áreas de baldios exige que os beneficiários sejam detentores de animais, sendo condição necessária possuírem marca de exploração própria ou estarem associados a marca de exploração”.

Apenas nestas condições é possível que os compartes do baldio se candidatem às ajudas do Pedido Único – PU 2019, com as áreas de baldio que lhe forem atribuídas para a atividade de pastoreio dos seus animais.

Os interessados em obter mais informações poderão dirigir-se à Casa Municipal do Produtor, em Ribeira de Pena, ou junto das Entidades Gestoras de Áreas Baldias.

loading...
Share.

Deixe Comentário