A brigada de Sapadores Florestais da CIMAT recebeu na terça-feira, dia 2, em Montalegre, o novo trator, momento que foi apadrinhado pelo presidente da CIMAT e do município barrosão e pelo responsável do Gabinete Técnico Florestal.

A nova máquina agrícola (Valtra – 214cv) vem juntar-se às quatro alfaias (um destroçador de martelos, um destroçador de correntes, uma grade de discos e um estilhaçador), que foram entregues à CIMAT no dia 11 de fevereiro e que se encontram no parque operativo do município de Chaves.
De acordo com a CIMAT, o equipamento mecânico, que apoiará o trabalho da brigada de Sapadores Florestais, irá movimentar-se, rotativamente, entre os seis municípios que constituem o Alto Tâmega. A responsável revela que dos 15 elementos que fazem parte da brigada, pelo menos quatro deles receberam formação específica para manobrar o trator florestal.
O presidente da CIMAT e presidente do município de Montalegre, Orlando Alves, afirmou que a aquisição deste equipamento é de “vital importância para que se possa fazer uma intervenção eficaz, na chamada rede primária e na rede secundária, de toda a imensidão dos concelhos do Alto Tâmega e, que vai trabalhar para que se constituam zonas de contenção e propagação dos incêndios florestais que são o flagelo com que, ultimamente, nos temos vindo a confrontar e que pode vir a ser exponenciado se não tomarmos as medidas que têm de ser tomadas”.
Recorde-se que a constituição de uma brigada de Sapadores Florestais de 15 elementos para o Alto Tâmega surgiu no âmbito de uma candidatura que a CIMAT submeteu ao Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas, que iniciou funções em abril do ano passado, surgindo agora um contrato de comodato celebrado entre os mesmos responsáveis para a cedência de diversos equipamentos mecânicos.
loading...
Share.

Deixe Comentário