As empresas do concelho de Valpaços têm vindo a crescer, traduzindo-se num saldo da balança comercial de bens das empresas muito positivo, subindo 12 posições desde que a equipa liderada por Amílcar Almeida tomou posse.

Segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), tratados pela Pordata e citados pela Câmara de Valpaços, o valor dos bens transacionados pelas firmas valpacenses, no que respeita ao saldo das exportações e importações (variação absoluta), em 2013, foi de 16.492.417,00€, situando-se o concelho na 76ª posição no total dos 308 municípios portugueses.
“Em 2018, após cinco anos de governação da equipa de Amílcar Almeida esse valor subiu para 21.340.585,00€ e a posição do concelho de Valpaços para a 64ª posição (subiu 12 posições)”, refere a autarquia, acrescentando que “estes valores mostram que o trabalho, quando bem estruturado, traz os seus frutos”.
Implementamos a Marca Valpaços, reforçamos alguns eventos e criamos outros de dinamização da economia, levamos os nossos produtos a variadas feiras e certames, recorremos sempre que possível a empresas do concelho para o fornecimento de bens e serviços, e tudo isso tem levado ao sucesso e saldo positivo das nossas empresas”, referiu o presidente da Câmara de Valpaços.
As empresas de Valpaços venderam muito mais do que compraram ao exterior e quando comparado com o período anterior ao ano 2013, verifica-se uma diferença de cerca de 5 milhões de euros (4.848.168,00€).
Se compararmos com os distritos de Bragança e Vila Real, num total de 26 concelhos, entre 2013 e 2018, só a capital de distrito de Bragança é que se posicionava acima do concelho de Valpaços no que se refere ao saldo da balança de bens das empresas.
loading...
Share.

Deixe Comentário