José Elias dos Santos tem 66 anos e é o suspeito de ter assassinado a tiro os cunhados, Laurindo Cunha (52 anos) e Ana Paula Teixeira (49 anos), na localidade de Avarenta, freguesia de Carrazedo de Montenegro e Curros, concelho de Valpaços, no passado dia 30 de maio. 

De recordar que José Elias havia sido detido na terça-feira, dia 2 de junho, dois dias depois de ter sido encontrada a suposta arma do crime e um par de luvas nas imediações do local onde o duplo homicídio ocorreu.

O crime aconteceu no dia 30 de maio num lameiro a cerca de 500 metros do centro da aldeia. As primeiras suspeitas recaíam sobre este homem, com base em relatos de moradores da aldeia de que existiam desavenças antigas e ameaças de morte, devido a um episódio de caça ao javali.

Algumas horas após o crime, José Elias chegou a ser interrogado pela Polícia Judiciária de Vila Real, mas acabou por regressar a casa durante a madrugada do dia 31 de maio por falta de provas materiais do crime, visto que o suspeito não tinha qualquer vestígio de pólvora, e as duas armas apreendidas não tinham sido utilizadas no duplo homicídio.

Segundo o JN, a estratégia foi manter um policiamento de proximidade ao suspeito e continuar as investigações que resultaram na obtenção de meios de prova – a arma e um par de luvas – e novos indícios que resultaram na detenção de José Elias, dois dias depois.

loading...
Share.

Deixe Comentário