Iniciativa organizada pela Câmara Municipal de Chaves terminou no passado dia 14 de maio com o tema “Como projetar imagem de destino seguro”.

Jorge Costa, presidente do Instituto de Planeamento e Desenvolvimento para o Turismo – Turismo e Consultoria (IPDT) e orador da quarta webinar desta iniciativa, começou por agradecer o convite do feito pelo município de Chaves e fez um enquadramento do estado em que o turismo em Portugal se encontrava até ao mês de fevereiro: “Estávamos a ter números de grande sucesso no turismo. O IPDT tem uma ferramenta, o barómetro do turismo, e na última edição, que lançámos no início deste ano, o nosso painel dizia que este seria o melhor ano de sempre do turismo nacional”.

No entanto, a pandemia da Covid-19 veio alterar estas previsões, pois o turismo foi um dos setores que mais sofreu. Contudo, o responsável pelo IPDT referiu que é possível “sair desta paragem recuperando o tempo perdido e melhorando, se possível, aquilo que já vínhamos fazendo”.

De acordo com Jorge Costa, uma das razões pela qual os turistas escolhiam Portugal como destino de férias é o facto de este ser um dos países mais seguros do mundo, e esta “sensação de segurança que Portugal transmitia aos seus turistas é algo de muito importante, e nós temos de voltar a ela com uma força redobrada”.

“É importante referir que o que alcançámos até aqui não desapareceu. Não deixámos de ter qualidade, não deixámos de ser inovadores, apenas nos obrigaram a parar e a deixar de poder usar tudo o que temos a nosso favor para captar turistas. Portanto, está tudo no local, está tudo a postos para que a retoma possa vir a encontrar a mesma qualidade e ainda mais segurança do que aquela que tínhamos até aqui”, destacou.

No final os participantes tiveram a oportunidade de colocar questões que achassem pertinentes ao orador.
Esta foi a última de um ciclo de quatro videoconferências cujo objetivo foi o diálogo com empresários e outros cidadãos relativamente à situação do setor do turismo face à crise pandémica do novo coronavírus.

A primeira videoconferência teve como orador Ramiro Gonçalves, primeiro secretário executivo da Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega, com o tema “Como enfrentar os novos desafios para o Turismo em Chaves | Alto Tâmega”. A segunda contou com Vítor Pimentel, presidente da ACISAT – Associação Empresarial do Alto Tâmega, como orador e o tema em discussão foi “Medidas de apoio nacionais e locais aos empresários, hotelaria e restauração”. E a terceira teve como orador Luís Pedro Martins, presidente da Turismo do Porto e Norte de Portugal, com o tema “O turismo e a nova normalidade”. Todas elas foram realizadas através da plataforma Zoom.

loading...
Share.

Deixe Comentário