A autarquia iniciou na sexta-feira passada, dia 19, a limpeza nas muralhas da cidade, com o início dos trabalhos no Forte de São Neutel. Trabalhos orçados em mais de 66 mil euros e programados para dois anos.

Os trabalhos decorrerão no património histórico edificado, do qual fazem parte integrante a Torre de Menagem e muralhas adjacentes, o Forte de São Francisco, o Forte de São Neutel e os troços de muralhas expostos na Rua 25 de Abril, na Travessa das Caldas, na Rua do Postigo e na Rua da Pedisqueira.

“A intervenção, orçada em mais de 66 mil euros, tem execução em 2020 e 2021, cujo programa contempla três fases de ação anuais, sendo que a primeira se encontra a decorrer e terá a duração de cerca 10 dias. Esta primeira intervenção consiste na aplicação de herbicida devidamente homologado, em toda a vegetação existente nas muralhas referidas, por forma a executar uma primeira queima até à raiz das plantas, promovendo-se assim um maior controlo e considerável atraso na sua futura rebentação”, refere a Câmara de Chaves, em comunicado.

Na segunda fase irá proceder-se à remoção de toda a vegetação espontânea existente e previamente queimada com herbicida, trabalhos com uma duração de cerca de 20 dias. A terceira fase terá lugar em outubro, com a segunda aplicação de herbicida aquando da nova rebentação, com o objetivo de garantir uma limpeza mais eficaz e permanente.

O trabalho está a ser desenvolvido por uma empresa especializada em trabalhos em altura, com recurso a maquinaria específica, envolvendo técnicas de escalada.

O município informa ainda os moradores que haverá necessidade da equipa se mobilizar entre os telhados e os pátios de algumas habitações, para assegurar a limpeza na sua totalidade.

loading...
Share.

Deixe Comentário