No regresso às aulas deste ano, os encarregados de educação não vão ter de se preocupar com os encargos inerentes com os cadernos de atividades. A autarquia também adquiriu equipamento informático para os agregados familiares com maiores dificuldades financeiras.  

A Câmara de Valpaços vai oferecer os cadernos de atividades aos 971 alunos matriculados, do 1º ao 12º ano, no Agrupamento de Escolas de Valpaços, num investimento que ronda os 65 mil euros e que “reflete o compromisso da autarquia, numa educação de excelência e inclusiva”, refere na sua página a Câmara de Valpaços.

O município lembra que caso a aquisição dos cadernos de atividades já tenha sido efetuada, ainda assim, a autarquia suportará o encargo desde que a despesa seja devidamente comprovada.

Para além de estimular a continuidade do percurso académico das crianças do concelho no Agrupamento de Escolas de Valpaços, esta medida constitui uma ajuda importante para as famílias que, cada vez mais, sentem o peso desta despesa escolar no seu orçamento familiar.

Para ter acesso a este apoio, o encarregado de educação deve deslocar-se ao Departamento de Finanças e Património da Câmara Municipal, a partir do dia 1 de setembro, com a documentação comprovativa da aquisição dos cadernos de atividades (fatura).

De realçar que, anualmente, o município tem vindo a reforçar os apoios ao nível da ação social escolar, nomeadamente com os transportes escolares, garantindo o transporte gratuito a todos os alunos que dele necessitam; as Atividades de Enriquecimento Escolar (AEC’s), garantindo a sua realização; a Componente de Apoio à Família (CAF) no pré-escolar, garantindo o seu funcionamento adequado às necessidades das famílias, sobretudo através do prolongamento do horário; a atribuição de montante monetário para a aquisição de material escolar aos alunos do 1º ciclo, de 50€ (escalão A) e de 25€ (escalão B); a atribuição de 80 bolsas de estudo, no valor de 500€ cada, aos alunos do ensino superior, e promove, ainda, em articulação com o Agrupamento de Escolas de Valpaços, um projeto educativo como o Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar (PIICIE).

Numa altura de exceção imposta pela pandemia da COVID 19, a autarquia adquiriu, igualmente, material informático – 165 computadores – num investimento de cerca de 60 mil euros, para os alunos que, segundo o Agrupamento de Escolas de Valpaços, não têm meios tecnológicos próprios para seguir, caso se justifique, novamente, o ensino à distância.

loading...
Share.

Deixe Comentário