O município de Montalegre entregou, muito recentemente, os últimos 13 cartões do programa “Abem” – Rede Solidária do Medicamento, deste ano, que dão acesso a medicamentos comparticipados.

Assim, foram entregues este ano um total de 50 cartões ao mesmo número de beneficiários que passam agora a ter este incentivo que surgiu em resultado de um protocolo formalizado, no início do ano passado, entre a Câmara Municipal de Montalegre e a Associação Dignitude.

O grande objetivo destes cartões é comparticipar a compra de medicamentos a pessoas do concelho que vivam numa situação de carência económica, e a autarquia de Montalegre garante que esta parceria é para continuar nos próximos anos.

“Estamos a fazer aquela ação política e social que cabe às Câmaras, às juntas de freguesia, aos Governos e à própria sociedade em geral”, destaca Orlando Alves, presidente da Câmara Municipal de Montalegre, e acrescenta que “esperamos que as pessoas sintam esta partilha de sentimentos e afetos e que tudo vá ao encontro das suas necessidades. Que sintam um pouco mais de brilho, conforto e bem-estar. É para isto que trabalhamos. Conseguimos atingir 50 cartões este ano. Estamos com a consciência que alcançámos um leque de pessoas bastante razoável. Este projeto é para continuar”.

A Câmara de Montalegre comparticipa com 100€ por cartão, e são beneficiárias pessoas com rendimento inferior a metade do Salário Mínimo Nacional, isto é, 317,50€, acrescidos de 20% no caso de haver despesas avultadas com saúde ou outras devidamente justificadas.

Estes cartões possibilitam a compra de todos os medicamentos receitados pelo médico e comparticipados pelo Serviço Nacional de Saúde, desde que se opte pelos mais baratos e sejam adquiridos nas farmácias aderentes a este programa. No concelho barrosão, todas as farmácias são aderentes.

Partilhar

Comentários | Seja educado na sua opinião